História

Em 1973, Seu Zé Ravagnani comprou o Empório Higienópolis, um típico botequim do interior.

Algum tempo depois, o saudoso Sr. Alberto, imigrante português, adquiriu o ponto e o rebatizou como "Bar do Português". O bar ainda teve outros três donos antes de ser comprado pelo casal Fernando e Paula, em 2003.

O casal resolveu encarar o desafio e tocar o bar. A primeira providência foi transformá-lo em um ambiente mais simpático, aconchegante e convidativo.

Após dez dias de reforma, o Bar do Português foi reaberto.

A repaginada no bar não demorou a surtir efeito e logo o bar aumentou consideravelmente o fluxo de pessoas e os clientes antigos já se misturavam aos novos clientes.

Ainda em 2004, o Fernando, que é apaixonado por chopp, ignorou a máxima "chopp dá muito trabalho" e bancou a inclusão da bebida no cardápio da casa. Deu trabalho, é verdade. Mas foi só cuidar dele com carinho que começaram a vir os prêmios.

O Bar do Português conquistou a Chopeira de Ouro por duas vezes e também a Chopeira de Prata por mais duas, se tornando o chopp mais premiado da década no prêmio da Real Academia do Chopp, da Ambev.

Com tanto sucesso e exposição nacional, Paula e Fernando decidiram expandir o negócio pelo sistema de franquias. Deu certo novamente. Várias cidades já contam com o Bar do Português. O sucesso não para. Bom é que nunca vai faltar chopp para comemorar!

Copyright © 2011 Bar do Português - Criação Fluens Comunicação Corporativa